Data de atualização: 07/11/2020

 

Estamos comprometidos em proteger seus dados e essa política de privacidade tem como objetivo reafirmar o compromisso da Concil com a sua privacidade e com a proteção dos dados pessoais coletados de todos os visitantes e usuários dos nossos serviços. Atendendo às leis em vigor de forma transparente e simples, essa política de privacidade esclarece quais dados pessoais são coletados, sua finalidade, de que forma e por quanto tempo são tratados, com quem podem ser compartilhados, regras de tratamento e armazenamento, direito dos usuários e canal de comunicação.

 

Essa política é destinada aos clientes, parceiros de negócio e usuários do site, aplicativo e plataformas disponibilizados pela Concil Inteligência em Conciliação S/A. Ao acessar e utilizar as funcionalidades oferecidas pela Concil, o usuário declara que fez a leitura completa e atenta dessa política, estando ciente e concordando com o tratamento dos dados informados abaixo.

 

NOTA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM IDADE INFERIOR A 18 ANOS

Por favor, não se registre em sistemas da Concil caso tenha menos de 18 anos.

 

 

SOBRE A COLETA DE DADOS

 

As informações são coletadas das seguintes formas:

 

Plataformas: Os dados são coletados quando inseridos ou submetidos de forma voluntária pelo usuário ao utilizar os sistemas dla Concil, incluindo a criação de conta de acesso, solicitação de propostas e contratação/utilização de serviços. Além disso, os sistemas poderão registrar todas as atividades efetuadas pelo usuário por meio de logs.

 

Websites e Landing Pages: Quando inseridos de forma voluntária pelo usuário ao preencher formulários nas páginas do nosso website ou landing pages. Além disso, o website e landing pages podem registrar atividades do visitante através de cookies.

 

Terceiros: A Concil recebe dados através de terceiros, incluindo adquirentes, clientes e parceiros de negócios.

 

Solicitação direta: Podem ser feitas por meio de contato direto da Concil com os usuários via e–mail ou telefone. Armazenamos informações a respeito de todos os contatos já realizados com nossos usuários, como conteúdos baixados a partir de nossas páginas e interações via e–mail.

 

Dados pessoais que coletamos:

 

Através do acesso às Plataformas

Nome e sobrenome
Assinatura
Endereço de e-mail comercial
Telefone e Celular/Whatsapp
Empresa em que trabalha
RG
CPF
Endereço IP, porta lógica de origem dos usuários e geolocalização
Ações efetuadas pelos usuários na Plataforma
Telas acessadas pelos usuários
Datas e horários das atividades, além de acesso dos usuários às Plataformas
Dados sobre o dispositivo utilizado pelo usuário incluindo versão de sistema operacional, navegador e geolocalização
Session ID dos usuários, quando disponíveis
Histórico de operações realizadas
Comportamentos identificados nas interações com as Plataformas

 

Através de comunicação verbal ou escrita, contratos, websites e Landing Pages:

Nome e sobrenome
Assinatura
Endereço de e-mail comercial
Telefone e Celular/Whatsapp
Empresa em que trabalha
Posição, título ou cargo
RG
CPF
Nome de usuário Linkedin
Nome de usuário Skype
Dados pessoais contidos em contratos sociais e procurações

 

As Plataformas e Websites respeitarão sempre a legislação vigente e os termos dessa Política e podem fazer uso de tecnologias como:

 

  • Cookies, utilizados para melhorar a funcionalidade dos sistemas da Concil. O usuário ou visitante pode bloquear o uso de cookies através das configurações do navegador e nesse cenário algumas funcionalidades das Plataformas poderão ser limitadas.
  • Outras tecnologias para a obtenção de dados de navegação do usuário (Analytics) para identificar quantas vezes o usuário retorna ao nosso endereço. São coletadas anonimamente, informações de endereço IP, localização geográfica, fonte de referência, tipo de navegador, duração da visita e páginas visitadas.

 

Estando em nossas Plataformas ou Websites, o usuário poderá ser conduzido através de link, conteúdo ou serviços, a outros portais ou plataformas não proprietárias da Concil, que podem coletar informações e ter sua própria Política de Privacidade. É responsabilidade do usuário ler a Política de Privacidade dessas plataformas fora do ambiente da Concil, aceitando ou não seus termos. A Concil não é responsável pela Política de Privacidade, conteúdo de websites ou serviços localizados fora dos ambientes e Plataformas Concil.

 

Em algumas situações, como na prospecção, relacionamento com Clientes/Parceiros ou em cumprimento às boas práticas, a Concil também pode obter seus dados pessoais de outras fontes, como em sites públicos, em conformidade com as leis de proteção de dados aplicáveis.

 

 

SOBRE A FINALIDADE E DURAÇÃO DO TRATAMENTO

 

A Concil realiza as atividades de tratamento de dados de usuários, de maneira transparente e para as finalidades específicas, conforme descritas abaixo:

 

  • Para permitir e gerenciar sua navegação na Plataforma, incluindo ou não análises de comportamento, identificação de problemas, realização de melhorias, personalização de recursos e monitoramento de segurança
  • Para permitir a prestação dos serviços oferecidos pela Concil e a realização de cadastro e implantação
  • Para envio de newsletter
  • Para atender a exigências de terceiros (adquirentes) na disponibilização dos extratos eletrônicos (EDI)
  • Para atender a solicitações e contatos e responder a chamados, incluindo respostas a perguntas sobre as Plataformas
  • Para estabelecer contato entre a Concil e os usuários, inclusive para garantir o cumprimento de obrigações
  • Para promover treinamentos
  • Para comunicar o lançamento de novos materiais gratuitos ou de novos produtos, recursos ou atualizações da Concil e parceiros
  • Para realizar a gestão de relacionamento com os Clientes/Parceiros, inclusive através de comunicação pelos meios disponíveis, marketing direto, publicidade e ações promocionais
  • Para fins de marketing e publicidade dos serviços da Concil, incluindo publicidade direcionada conforme perfil de comportamento
  • Para realizar estatísticas, estudos, pesquisas de satisfação, usabilidade ou de outra natureza para otimizar e melhorar a experiência de uso
  • Para verificação da identidade do Cliente/Parceiro
  • Para o exercício legal de direitos da Concil e para cumprimento das obrigações legais
  • Para preparar respostas a autoridades no caso de processos judiciais ou administrativos, em cumprimento de deveres legais ou regulatórios

 

Todos os e-mails de marketing enviados pela Concil possuem um link para cancelamento de inscrição caso o destinatário não queira receber mais mensagens. Uma vez cancelado, ao preencher novamente qualquer formulário, ficará caracterizada a reinserção do seu e–mail à lista. Portanto, a requisição de cancelamento deve ser feita novamente caso seja de seu interesse.

 

Consentimento do usuário em relação ao uso de dados:

 

O consentimento para as finalidades de uso dos dados será colhido de forma individual, e o usuário não é obrigado a dar o seu consentimento a nenhuma delas. Caso o usuário não dê seu consentimento para as finalidades ligadas diretamente à prestação de serviços pela Concil, os serviços não serão disponibilizados e para as finalidades facultativas, a prestação de serviços continuará sendo feita regularmente.

 

A Concil se compromete a manter os dados pessoais conforme o necessário para realizar os propósitos apontados acima e fazer o descarte dos dados pessoais sempre que possível e exigido, em atendimento a LGPD. Caso o usuário tenha dúvidas sobre as práticas de retenção e descarte de dados pessoais pela Concil, poderá acionar o canal de comunicação com titulares de dados pessoais, pelo endereço de e-mail dpo@concil.com.br

 

 

SOBRE O COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES PESSOAIS

 

A Concil poderá compartilhar seus dados pessoais com terceiros, apenas do que for estritamente necessário para a realização das finalidades listadas nessa Política de Privacidade e conforme uma ou mais situações listadas a seguir:

 

Caso o terceiro em questão seja um prestador de serviços ou parceiro comercial, realizando tratamento de dados pessoais em nome e no interesse da Concil, como seu operador de dados pessoais ou como controlador, mediante cumprimento da legislação aplicável

 

Caso o terceiro em questão seja um órgão ou entidade pública oficial, autoridade regulatória, policial ou governamental, solicitando informações de fiscalizações, auditorias, processos ou procedimentos legais e que constituem obrigações jurídicas vinculantes à Concil, ou quando sejam razoavelmente necessárias para proteger os direitos da Concil, de Clientes e/ou de terceiros

 

Quando a Concil tiver obtido o livre, inequívoco e expresso consentimento do usuário para o compartilhamento de dados

 

De forma automática em caso de movimentações societárias, como fusão, aquisição e incorporação

 

De forma automática com as empresas que fornecem serviços à Concil, necessárias ao desenvolvimento das atividades e para as respectivas finalidades destacadas abaixo:

 

  • Provedores de Serviços de Hospedagem – serviços de Data Center para hospedagem
  • Fornecedores de Manutenção de Software e Hardware – para manutenção e atualizações
  • Serviços de Telecomunicações – link de dados e conectividade com a Internet
  • Consultoria (monitoramento, tecnologia da informação, jurídica, administrativa, contábil, recursos humanos) – para desenvolvimento, gestão operacional e procedimentos internos
  • Serviços telefônicos e de celulares – para comunicação com clientes, prospects e parceiros
  • Plataformas de marketing – para comunicação com clientes, prospects e parceiros
  • Parceiros de Negócio – para prestação de serviços e processamento de dados

 

Se essas empresas externas tiverem acesso a dados pessoais, a Concil garante que as respectivas partes assinaram anteriormente contratos de tratamento de dados e confidencialidade para cumprir a legislação aplicável de proteção de dados.

 

Funcionários da Concil poderão ver suas informações pessoais, respeitando os princípios de proporcionalidade, necessidade e relevância para os objetivos do nosso negócio. Todos os empregados da Concil estão sujeitos a obrigações de confidencialidade. Eventualmente, caso a inserção de suas informações aconteça através de ações criadas em parcerias, os parceiros explicitamente identificados também terão acesso à informação. Nenhuma informação pessoal será divulgada publicamente.

 

A Concil também se compromete a não vender, alugar ou repassar suas informações para terceiros. A exceção está em casos em que essas informações forem exigidas judicialmente ou nos cenários já expostos acima.

 

A Concil é a única responsável pelo banco de dados formado pela coleta de dados de sua plataforma e se responsabiliza pela adoção e manutenção de medidas de segurança, técnicas e administrativas para prevenção de tratamento irregular dos dados pessoais inclusive hipóteses não autorizadas de acesso, destruição, perda, alteração ou comunicação dos dados. O uso, acesso e compartilhamento de dados do banco de dados da Concil serão feitos somente dentro dos limites e finalidades dos negócios descritos nesta Política, entretanto, levando em consideração que nenhum sistema de segurança é infalível, a Concil se exime de qualquer responsabilidade por eventuais danos e/ou prejuízos decorrentes de falhas, vírus ou invasões ao banco de dados da Concil, com exceção nos casos em que tiver dolo ou culpa.

 

O usuário é responsável pela confidencialidade de seus dados pessoais. O compartilhamento de senhas e detalhes de login viola esta política de privacidade e os termos e condições de uso da nossa plataforma. É muito importante que o usuário proteja seus dados e saiba que a Concil nunca enviará mensagens eletrônicas solicitando confirmação de dados ou com anexos que possam ser executados e que os e-mails são enviados somente pelo domínio concil.com.br. Quando a Concil enviar um e-mail pode receber uma notificação quando eles são abertos, desde que essa possibilidade esteja disponível.

 

 

SOBRE O ARMAZENAMENTO DOS DADOS PESSOAIS

 

Os dados coletados pela Concil serão armazenados enquanto durar a relação com usuário e não houver pedido de exclusão ou revogação do consentimento, de acordo com os termos do artigo 9º da LGPD. A Concil poderá permanecer com o histórico dos dados dos usuários por prazo maior nas hipóteses em que a lei estabelecer, como por exemplo no prazo de 6 (seis) meses para dados de identificação digital, nos termos do artigo 15 do Marco Civil da Internet, e de 03 (três) anos para os demais dados, com base no artigo 206, § 3º, inciso V, do Código Civil. Este período pode ser diferente de acordo com requisitos específicos do cliente.

 

Dados anonimizados não se sujeitam aos prazos de armazenamento acima descritos, nos termos do artigo 12º da LGPD. Os dados coletados dos usuários serão armazenados em datacenters SaaS ou infraestrutura local. Os datacenters podem ser infraestrutura de terceiros, nuvem (Cloud Computing) localizada no Brasil ou em qualquer outra localidade em que a Concil possua operação.

 

Seus dados pessoais serão processados por profissionais da Concil nos respectivos departamentos que precisam de acesso aos dados pessoais:

 

  • Dados de contato: qualquer departamento que esteja envolvido no processamento de sua solicitação
  • Dados de comentários: marketing, relacionamento, produto ou respectivos departamentos responsáveis pela operação de blogs, fóruns ou pesquisas
  • Dados de solicitações de emprego: RH e os departamentos responsáveis pelo cargo para o qual você se candidatou
  • Dados de marketing direto: departamentos de marketing e vendas
  • Dados de uso e dados do navegador: marketing, produto e departamentos de TI responsáveis pela operação dos respectivos sites

 

 

SOBRE O EXERCÍCIO DE DIREITOS DO TITULAR DOS DADOS PESSOAIS

 

Em conformidade com a legislação aplicável, a Concil possui um canal de comunicação específico para gerenciar as comunicações com titulares de dados e possibilitar o exercício dos seus direitos. Dúvidas ou solicitações podem ser encaminhadas ao atual Responsável pela Proteção dos Dados (Data Protection Officer) da Concil, Marisa Luiz, pelo e-mail dpo@concil.com.br ou pelo endereço abaixo:

 

Concil Inteligência em Conciliação S/A
Av. Paulista, 1159, cj 603, Bela Vista, São Paulo, SP, CEP 01311-200

 

Os usuários poderão solicitar:

 

  • Confirmação da existência de tratamento dos dados pessoais
  • Acesso aos dados pessoais
  • Correção de dados pessoais incompletos, incorretos ou desatualizados
  • Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade com a LGPD
  • Apagamento ou anonimização dos dados pessoais tratados com base no seu consentimento, exceto quando a lei autorizar a manutenção destes dados por outro fundamento
  • Informações sobre terceiros com os quais a Concil tenha realizado o compartilhamento dos dados pessoais
  • Informações sobre a possibilidade de não dar consentimento ao tratamento dos dados pessoais e sobre as consequências dessa ação
  • Revogação do consentimento, no cenário onde o tratamento tenha sido feito com base no consentimento do titular

 

Uma vez terminado o contrato entre o usuário e a Concil, todas as contas são canceladas e o acesso é revogado. Finalizado o prazo de manutenção e a necessidade legal, os dados pessoais serão excluídos com uso de métodos de descarte seguro, ou utilizados de forma anonimizada para fins estatísticos.

 

Se o usuário remover seu consentimento para finalidades que são essenciais ao funcionamento apropriado da Plataforma, os recursos da plataforma e serviços podem ficar indisponíveis.

 

 

SOBRE MUDANÇAS NA POLÍTICA DE PRIVACIDADE

 

Essa Política de Privacidade pode passar por atualizações e elas deverão ser consideradas com aplicação e validade imediatas. Desta forma, recomendamos visitar periodicamente esta página para que você tenha conhecimento sobre elas. Antes de usar informações para outros fins que não os definidos nesta Política de Privacidade ou em caso de atualizações significativas que demandem nova coleta de consentimento, solicitaremos sua autorização.

 

 

SOBRE A JURISDIÇÃO

 

Essa Política de Privacidade será regida e interpretada segundo a legislação brasileira, no idioma português e no Foro da Comarca de São Paulo/SP. Caso o usuário não possua domicílio no Brasil, ele se declara ciente que ao fazer uso das funcionalidades da Concil, se submeterá à legislação brasileira, concordando que em caso de litígio a ser solucionado, a ação deverá ser proposta Foro da Comarca de São Paulo/SP.

 

 

GLOSSÁRIO

 

Para os objetivos dessa Política de Privacidade, devem ser consideradas as seguintes definições para sua melhor compreensão:

 

Anonimização: Utilização de meios técnicos onde um dado perde a possibilidade de associação e identificação, direta ou indireta, a uma pessoa.

 

Cloud Computing: Ou computação em nuvem, é tecnologia de virtualização de serviços feita a partir da interligação de mais de um servidor através da internet, que tem o objetivo de reduzir custos e aumentar a disponibilidade dos serviços.

 

Cookies: Arquivos enviados pelo servidor da Plataforma para o computador dos usuários, com o objetivo de identificar o computador e obter informações de páginas navegadas ou links acessados, permitindo a personalização da navegação do usuário, de acordo com o seu perfil.

 

Conta de Acesso: Credencial de um usuário, necessária para utilizar e acessar a área restrita e funcionalidades exclusivas das Plataformas da Concil.

 

Dados: Quaisquer informações inseridas, tratadas ou transmitidas através dos ambientes da Concil.

 

Dados Pessoais: Dados que podem identificar uma pessoa.

 

Encarregado (Data Protection Officer – DPO): Pessoa designada pela Concil para atuar como canal de comunicação entre o controlador, os titulares dos dados e as autoridades de proteção de dados.

 

IP: Abreviatura de Internet Protocol. É o conjunto alfanumérico que identifica os dispositivos dos usuários na Internet.

 

Landing Pages: Páginas web contendo formulários que o visitante pode preencher para ter acesso a materiais como e-books, planilhas, propostas e ofertas especiais.

 

Logs: Registros de atividades dos usuários.

 

Plataformas: Sistemas da Concil disponibilizados como SaaS.

 

Session ID: Identificação da sessão do usuário quando é feito o acesso à área restrita.

 

Usuários: Pessoas que acessam ou interagem com as atividades oferecidas pelas Plataformas e websites da Concil.

 

Tratamento: Toda operação realizada com Dados Pessoais, como as que se referem a coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avaliação ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração.