Davi X Golias: 4 dicas para destacar sua farmácia no mercado

O presidente norte-americano Theodore Roosevelt (1858-1919) disse uma vez: faça o que você pode, com o que você tem, no lugar onde você está. Se você é um pequeno comerciante do segmento de farmácias e tem o desafio de concorrer contras as grandes redes, essa frase tem muito a ver com a sua realidade.

Na luta contra Golias, tudo o que Davi tinha era uma pedra e um bodoque. Pois foi com esses recursos que ele derrotou o gigante. Da mesma forma, sua pequena farmácia certamente não dispõe de um orçamento milionário, mas isso não impede que você crie estratégias vitoriosas para fazer frente às gigantes do seu mercado. Quer saber como?

Neste artigo mostramos 4 dicas para sua pequena farmácia se destacar no mercado e caminhar soberana diante da concorrência.

1. Automatize sua gestão financeira

Gestão automatizada é inteligência financeira aplicada aos negócios, favorecendo a tomada de decisão. Esse é um dos segredos do sucesso das grandes redes de farmácia. A boa notícia que a automatização também está ao seu alcance.

Esqueça a ideia de investimentos milionários em programas sofisticados e difíceis de mexer. As tecnologias atuais estão cada vez mais baratas e melhores.

É verdade! Com algumas vendas por dia você garante o acesso a sistemas cada vez mais completos, que oferecem, por exemplo, a conciliação automática de cartões. Imagine visualizar todas as contas a receber e taxas a pagar em uma mesma tela, não importa com quantas maquininhas você opere.

Essa é a conciliação de cartões. Quer uma dica? Confira aqui como outras empresas economizam muito dinheiro com essa solução.

2. Encontre o mix de produtos ideal

Foi-se o tempo em que as farmácias vendiam apenas remédios. Os clientes de hoje querem não somente a cura das doenças, mas também o aumento da qualidade de vida, gerando mais demanda por cosméticos, artigos de higiene e produtos alimentícios.

Entenda o perfil do seu público e descubra quais produtos têm mais apelo na praça. Instrua seus funcionários a perguntar se os clientes encontraram tudo o que procuravam. Pesquise a concorrência e veja o que eles andam oferecendo, quais produtos têm mais saída, etc.

Busque também se diferenciar, oferecendo um artigo que ninguém mais tem. Não fazer isso é deixar dinheiro na mesa.

Esteja certo que há um mix de produtos ideal para sua farmácia, ele está apenas esperando que você o encontre.

3. Invista em marketing digital

À primeira vista, parece loucura querer competir com as grandes redes e seus orçamentos milionários para publicidade e marketing. Entretanto, por se tratar de um negócio local, é possível realizar ações estratégicas no Google e no Facebook e aumentar bastante a visibilidade do seu estabelecimento.

Você pode segmentar anúncios somente para o público das suas redondezas, fazendo com que as pessoas certas encontrem sua loja no momento exato em que estiverem buscando pelos serviços de uma farmácia.

Você também pode criar uma lista no Whatsapp e inscrever seus clientes, postando dicas de saúde e bem-estar. Aproveite e use esse canal como um serviço de entrega a domicílio, oferecendo comodidade e atendimento personalizado.

O marketing atual se baseia em gerar relacionamento com os clientes, criando assim maior visibilidade para a sua farmácia. Que tal aproveitar períodos como outubro rosa e novembro azul para realizar ações de conscientização na sua comunidade?

A um custo relativamente baixo, seu estabelecimento será visto com bons olhos. E você sabe: quem não é visto, não é lembrado.

4. Busque novas parcerias

Você já ouviu falar em associativismo? Trata-se de um modelo inovador, que nasceu da união de donos de farmácias de bairro, tanto da capital quanto do interior. Unidas em torno de federações, os estabelecimentos compartilham das mesmas fachadas, mas mantêm a independência da gestão. E não para por aí.

As federações oferecem treinamento em gestão contábil, controle de estoque, modernização de vitrines, qualidade do atendimento, entre outros conhecimentos essenciais para a modernização do negócio.

As compras no atacado também são feitas em nome das associações, gerando maior poder de barganha e, consequentemente, preços mais baixos para o consumidor.

Os resultados são animadores: há relatos de empresários que estavam à beira da falência, mas, graças ao associativismo, deram a volta por cima e estão abrindo novas lojas. E você pode ser o próximo a trilhar esse caminho de sucesso.

Continue se informando com a gente. Clique aqui e saiba como fazer seu planejamento de recebíveis.

Comentário no facebook

Conheça a nossa plataforma:

Confira nossa solução:

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.