4 mudanças no pix que você precisa saber

Criado em 2020, pix é um sistema de pagamento instantâneo que surgiu para facilitar a vida dos brasileiros, e tem sido assim desde então. Porém, até agora muitos aspectos já se alteraram, mas será que você está por dentro de todas as mudanças no pix? Desde o limite até o pagamento de taxas, o modelo já mudou e você precisa se atualizar.

Se você utiliza o pix diariamente e depende dele nos seus negócios, é hora de saber tudo o que tem mudado. Neste artigo você confere mais!

1. Limite para operações

Entre as mudanças no pix, está o novo limite imposto de R$ 1.000 em transações financeiras para pessoas físicas e microempreendedores individuais das 20 às 6h. Felizmente, a medida não afeta o comércio e foi tomada pelo Banco Central para evitar principalmente os golpes que se popularizaram com o pix. 

2. Mudança no limite

Agora, se você quiser mudar o limite do seu pix, isso não acontecerá mais de forma automática. Há um novo prazo mínimo de 24 até 48 horas que o banco deverá seguir para efetivar o pedido que é feito por meios digitais, como o seu aplicativo.

Ou seja, você ainda pode fazer isso sozinho, mas a autorização final do banco não é mais imediata. Essa também é uma mudança no pix pensada para aumentar a segurança, evitando que alguém entre na sua conta, aumente o limite e transfira todo o seu dinheiro.

3. Operações retidas

Você talvez tenha se acostumado com o pix caindo na hora, não é verdade? Ele vai continuar sendo instantâneo, mas um pouco diferente. Agora, as transações poderão ficar retidas por até 30 minutos ou uma hora, de acordo com a situação.

Isso irá ocorrer para diminuir movimentações suspeitas. Assim, o banco poderá fazer a análise de risco da movimentação antes de ela ser finalizada ou suspensa, caso seja realmente suspeita. Essa mudança no pix desagrada algumas pessoas, em especial os varejistas e comerciantes, mas também é fundamental na prevenção de golpes.

4. Cadastro de contatos

Caso você tenha contatos frequentes que sempre precisa fazer uma transação acima de R$ 1.000 a qualquer hora, não se preocupe. Com a mudança no pix, será possível cadastrar esses contatos em quem você confia para poder fazer essas movimentações de forma mais rápida independente do limite.

Se você paga sempre o aluguel da sua loja mensalmente por pix, já sabe que essa é uma transação frequente. Portanto, poderá cadastrar esse contato. O mesmo serve para algum fornecedor da sua empresa ou até mesmo um funcionário, ou parente seu.

Essas mudanças no pix foram anunciadas nos últimos meses e estão entrando em vigor gradualmente. Para se manter informado sobre todas elas e como usar o pix a favor dos seus negócios, continue acompanhando o blog da Concil!

Comentário no facebook

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.